Biópsia de pele

A biópsia da pele é um procedimento simples feito no consultório do dermatologista, sob anestesia local. Por meio dela, é obtido um pequeno fragmento da pele para análise patológica. Após técnica adequada de assepsia, o anestésico é injetado no local no procedimento, causando uma leve ardência de duração rápida. Após isso, o procedimento não traz qualquer desconforto ao paciente. A biopsia é realizada a fim de diagnosticar doenças de pele ou até mesmo para avaliar a evolução de determinada doença.

Existem várias técnicas para se realizar a biópsia de pele: punch, shaving, curetagem ou excisão com bisturi.

Quando a biópsia é excisional, ela permite a resolução do processo em desenvolvimento por meio da avaliação da suficiência das margens de ressecção.

É muito importante que o paciente submetido ao procedimento siga os cuidados pós operatórios indicados pelo dermatologista, para se evitar infecções na ferida operatória que possam atrasar a cicatrização ou ainda gerar defeitos inestéticos.

Biópsia de pele por punch