Alopecia androgenética ou calvície

Alopecia Androgenética, ou calvície, é uma condição de queda de cabelo determinada geneticamente muito frequente na população, tanto em homens como em mulheres. Pode iniciar na adolescência, mas em geral fica mais evidente por volta dos 40 ou 50 anos.

 

Embora esteja associada aos hormônios masculinos (androgênios), na maioria das vezes os níveis hormonais no sangue estão normais. O estímulo hormonal da testosterona, que se inicia na adolescência, faz com que os fios venham progressivamente mais finos em cada ciclo do cabelo, processo chamado de miniaturização.

Alguns fatores podem piorar a queda como menopausa e suplementação de hormônios masculinos.

A queixa mais frequente é de cabelos mais finos e ralos, com maior evidência do couro cabeludo.

Nas mulheres, manifesta-se mais na região central, enquanto nos homens na coroa e na região frontal (entradas). 

O tratamento deve ser instituído precocemente e visa prolongar a vida útil dos folículos pilosos retardando ou interrompendo o processo de cabelo dos cabelos. Pode ser feito através do uso de medicamentos aplicados diretamente no couro cabeludo, ou com medicamentos por via oral. Mais recentemente, o surgimento de novas técnicas de tratamento tem contribuído para resultados cada vez mais otimistas, como a MMP ® (Microinfusão de Medicamentos na Pele) capilar.  

A indicação de tratamento mais apropriada vai depender de cada caso. Por isso, agende uma consulta com seu dermatologista para um correto diagnóstico e tratamento apropriado

Rua Estevan Peres Bomediano nº 45, Jardim Paulista

Presidente Prudente - SP

  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza

(18) 3222-0289

 3222-0911

Whatsapp 99810-7625

©  2018 - Dra. Ana Caroline Barreto Antunes 

Este site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina