Dermatite atópica e o inverno

A chegada do inverno, e consequentemente as baixas temperaturas, costuma desencadear uma série de doenças dermatológicas, dentre elas a dermatite atópica.

A dermatite atópica é uma doença de pele crônica, mais comuns em crianças, que ocorre principalmente por deficiência da hidratação da pele. Ela causa coceira e lesões de pele que podem chegar a formação de crostas e secreção.

 A oleosidade natural da pele é muito importante para proteção do corpo no frio e prevenção da penetração de bactérias, fungos e poluentes do ar, assim como do contato com possíveis alérgenos.

No frio, a sudorese da pele é diminuída, assim como a ativação das células que produzem a camada de gordura da pele. Além disso, o hábito de tomar banhos quentes e demorados, diminuem ainda mais a proteção natural da pele, deixando-a mais seca  e susceptível ao desenvolvimento de novas lesões ou exacerbação das lesões prévias de dermatite atópica.

 

Alguns cuidados no dia a dia podem evitar o desenvolvimento ou a piora das lesões:

  • banhos rápidos com água morna para fria (evitar água muito quente)

  •  não usar buchas de banho

  •  usar sabonete somente nas regiões íntimas, axilas, mãos e pés

  •  aplicar hidratante específico para dermatite atópica diariamente após o banho.

 

É importante consultar-se com um médico dermatologista para saber qual o melhor tratamento para cada caso.

Rua Estevan Peres Bomediano nº 45, Jardim Paulista

Presidente Prudente - SP

  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza

(18) 3222-0289

 3222-0911

Whatsapp 99810-7625

©  2018 - Dra. Ana Caroline Barreto Antunes 

Este site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina