Unha encravada

A unha encravada, também chamada de onicocriptose, é uma inflamação que ocorre quando a borda da unha cresce e entra na pele do dedo.  Os sintomas mais comuns são: dor, vermelhidão, inchaço e até saída de secreção. É mais frequente nos dedões dos pés (primeiro dedo). Pode ocorrer em qualquer pessoa de qualquer idade, porém é mais frequente em homens de 10 a 30 anos, que são propensos a praticar esportes, como corrida e futebol.

Pode ser causada por vários fatores: sapatos inadequados (muito apertados, que coloca pressão extra sobre o dedo do pé), deformidades dos pés ou dedos ou até mesmo unhas cortadas incorretamente. Quando as unhas dos pés são cortadas muito curtas ou ainda cortadas de forma arredondada ao invés de retas, a unha pode virar e crescer para dentro da pele.

O tratamento da unha encravada pode ser feito clinicamente com cuidados locais, sem necessidade de cirurgia, caso o quadro seja muito inicial.

O granuloma piogênico é uma complicação da unha encravada, popularmente conhecido como “carne esponjosa”. Essa lesão causa bastante dor e pode sangrar facilmente.

O tratamento cirúrgico tem o objetivo de desobstruir a passagem da unha, retirando até a sua matriz o canto que encrava, que poderá, então, crescer livremente. Há diversas técnicas cirúrgicas, que será definida em cada caso. A extração completa da unha deve ser evitada.

Rua Estevan Peres Bomediano nº 45, Jardim Paulista

Presidente Prudente - SP

  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza

(18) 3222-0289

 3222-0911

Whatsapp 99810-7625

©  2018 - Dra. Ana Caroline Barreto Antunes 

Este site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina